Savannah, uma adolescente do Estado de Utah, Estados Unidos, decidiu assumir ser lésbica durante um encontro de testemunho da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O evento ocorre mensalmente na igreja em que frequenta, na cidade de Eagle Mountain.
“Nenhuma parte de mim é um erro. Eu não escolhi ser assim, e não é algo passageiro”, afirmou a adolescente.

Na época, quando tinha 12 anos, próximo de encerrar sua confissão, e após se assumir como homossexual para seus colegas de culto, seu microfone foi desligado. Ela ainda deu uma leve batida nele e em seguida olhou para um líder da igreja para ver o que havia acontecido. Ele disse que ela poderia voltar ao seu lugar.



“Acho que eles fizeram isso porque não queriam minha mensagem”, disse Savannah em entrevista ao The News York Times, na quarta-feira (21). “Não quero ser maldosa com eles se isso não for verdade, mas senti que eles ficaram com medo de mim e do que eu estava dizendo.”
Procurado, o bispo da igreja de Savannah não respondeu ao e-mail solicitando comentários. Um porta-voz da igreja não quis comentar o caso.
Savannah revelou a seus pais que ela era lésbica pouco depois de completar 12 anos, contou sua mãe, Heather Kester, que pediu para que o sobrenome de Savannah não fosse divulgado para proteger sua privacidade.
A mãe de Savannah disse que ela vinha pedindo há meses para se identificar como lésbica em um dos encontros de testemunho da Igreja. “Por fim decidimos deixar que ela contasse, porque não queríamos tirar sua voz. E se lhe ensinássemos hoje que ela não podia falar, então talvez ela guardasse isso consigo pelo resto da vida”, disse.
Axact

ALTGOSPEL

altgospel é um veículo de comunicação online totalmente independente que fornece conteúdos alternativos de notícias cristãs e atualidades do mundo gospel.

Publique um comentário:

0 comments: