evidências de batalha por Jerusalém há 2.000 anos


Arqueólogos de Antiguidades de Israel encontraram evidências da última batalha entre soldados romanos e rebeldes judeus que levou à destruição de Jerusalém cerca de 2.000 anos atrás, e eles também descobriram uma estrada onde "Jesus teria caminhado".

Os arqueólogos descobriram pontas de flecha e bolas de pedra balística na rua principal que leva ao Templo, diz o site da responsável pelas Antiguidades  em uma declaração em hebraico.
O cerco de Jerusalém pelo exército romano terminou com o saque da cidade e a destruição de seu Segundo Templo no ano 70. O exército romano, liderado pelo futuro imperador Tito, sitiou e conquistou a cidade de Jerusalém. Os judeus se barricaram na cidade desde o ano 66.
A escavação, que está em andamento nos últimos anos, também descobriu uma estrada que atravessava os portões da cidade e a Piscina de Siloão ao Templo, onde Jesus certamente caminharia, de acordo com Aleteia ; A estrada foi construída após o governo do rei Herodes, e possivelmente durante o tempo do governador romano Pôncio Pilatos

"De fato, pode-se considerar as escavações atuais na Cidade de Davi, uma continuação natural das anteriores escavações arqueológicas do site, que foram iniciadas no passado por estudiosos europeus e americanos", disse Baruch.

"Cerca de quatro anos atrás, as escavações arqueológicas foram renovadas ao longo da rua, desta vez, para expor todo o seu comprimento e largura. Quando as escavações forem completadas, os restos da rua serão conservados e desenvolvidos e preparados para receber as dezenas de Milhares de visitantes que irão caminhar junto com ele ".





Axact

ALTGOSPEL

altgospel é um veículo de comunicação online totalmente independente que fornece conteúdos alternativos de notícias cristãs e atualidades do mundo gospel.

Publique um comentário:

0 comments: