“Viva – a vida é uma festa” apresenta temática espiritualista e se passa no "mundo dos mortos"




“Viva – a vida é uma festa”, final da Disney
A Disney, empresa famosa por ter criado o conceito de animação em filmes direcionados para toda a família, há muito vem recebendo críticas por inserir temáticas espirituais em suas tramas. Vários deles, como Pocahontas e A Princesa e o Sapo mostravam cenas onde o espiritismo e a bruxaria como algo natural ou até mesmo divertido.
Em parceria com a Pixar, o estúdio está lançando no início de 2018 “Viva – A Vida é Uma Festa”. O trailer dublado já está disponível no Brasil e a campanha de marketing a pleno vapor nos cinemas e na TV.
Contudo, um olhar atento ao roteiro deixa claro que ele ensina o espiritismo para as crianças. Segundo o site Hollywood Reporter, “Viva – A Vida é Uma Festa” não é apenas a melhor produção original da Pixar desde Divertida Mente, mas também está entre as mais ressonantes emocionalmente da empresa.”
Outro site de cinema, o The Wrap afirma: “Se uma animação tem que oferecer às crianças uma maneira de lidar com a morte, é difícil imaginar um exemplo mais vivaz, tocante e bizarramente divertido do que Viva – A Vida é Uma Festa.”
Por trás do visual colorido e uma história sobre amor aos familiares, a animação foi ao México e adaptou uma tradição daquele país, o Dia dos Mortos, semelhante ao dia de Finados no Brasil.
Segundo o release do estúdio, o filme “acompanha um menino em sua jornada no mundo dos mortos para realizar seu sonho de ser músico e descobrir o passado de sua família depois de uma série de eventos misteriosos”.
O menino Miguel, o personagem principal, usa um violão mágico para ser transportado para o mundo dos mortos. Ele chega a um ambiente onde os espíritos, todos em forma de esqueleto, habitam uma realidade paralela, que nada tem a ver com a descrição do céu bíblico.
Miguel é acompanhado pelo cachorro Dante, uma referência ao escritor medieval Dante Alighieri, autor do livro “A Divina Comédia”, que narra uma visita aos sete níveis do Inferno.
O trailer já divulgado pela empresa mostra que seria possível a comunicação de uma pessoa viva com os mortos, conceito-base do espiritismo. Ele recebe conselhos delas para uma vida melhor, outro conceito comum na doutrina espírita. Por fim, não há a ideia de julgamento após a morte, nem a necessidade de perdão dos pecados, todos vão para o mundo dos mortos, independentemente do que tenham feito nesta vida, negando assim a necessidade da morte de Cristo na cruz.
Assista ao trailer:


Axact

ALTGOSPEL

altgospel é um veículo de comunicação online totalmente independente que fornece conteúdos alternativos de notícias cristãs e atualidades do mundo gospel.

Publique um comentário:

0 comments: